OLHOS COLORIDOS

Clandestino_Frame 01b.png

Cinema é brincadeira? Nossa mostra infantil "Olhos coloridos" traz filmes que refletem sobre a afetividade e inventividade através da perspectiva das crianças. A infância como encontro das paisagens, das emoções, como elo para se interrogar e explorar um mundo em desconstrução e reelaboração constante.

Filmes: 

CLANDESTINO (Sergipe, 2017, 24 min) de Baruch Blumberg;


















Sinopse: Têca é uma garota comum, com uma imaginação nada comum. No caminho para encontrar sua mãe e entregar uma encomenda muito preciosa, sua imaginação corre livre pelas paisagens do interior, enquanto ela vai viver aventuras ao lado de sua avó. 

LILY’S HAIR (Goiás, 2019, 15 min) de Raphael Gustavo da Silva;



















Sinopse: Lily é uma garota negra que não gosta de seus cabelos. Com a ajuda de Caio, seu amigo cadeirante, tenta ter os cabelos do jeito que sempre sonhou.

A PISCINA DE CAÍQUE  (Goiás, 2017, 15 min) de Raphael Gustavo da Silva;



















Sinopse: Sonhando em ter uma piscina, Caíque e seu amigo inseparável se divertem escorregando no chão molhado e ensaboado da área de serviço. Por causa do desperdício de água, Caíque acaba criando problemas com sua mãe.


LÁPIS DE COR (Bahia, 2014, 14 min) de Larissa Fulana de Tal



















Sinopse: Azul é a cor do céu, o amarelo é quente como sol e as nuvens são brancas igual o algodão ... " Eu gostaria de ser artista para colori o mundo." E as pessoas que cores são? " Cor de pele". Cor de pele é a cor de todas as pessoas ? Que pessoas ? O documentário Lápis de cor atráves da dinâmica de pinturas, desenhos e imaginação com sete crianças negras, traz a tona a questão racial de como elas se veêm e qual o modelo de beleza que desejam ser.





 

Lily's Hair_02-min.JPG
A piscina de Caíque_Antônio Pitanga-Avô
02 (1).jpg